Rádio Terra Fm Lagamar - Lagamar/MG


Em Lagamar, dia 15/08, por volta de 05:00horas da manhã foi solicitado apoio dos militares de Vazante para fazer o cerco ao veículo de uma quadrilha que vem praticado furtos de Cabo e equipamentos na empresa NEXA.

O veículo foi abordado pela viatura de Vazante e com apoio dos militares de Lagamar já na estrada de terra que dá acesso ao Distrito de São Braz de Minas, em região chamada "Valinhos" tendo neste momento quatro indivíduos iniciado uma fuga na mata.

Foi abordado o caminhão IVECO, cor branca, e preso o condutor JOSE MARTINS SIQUEIRA, 58 anos e APARECIDA PEREIRA DE OLIVEIRA 57 anos.

No caminhão, foi apreendido 3 rádios HT's,   uma toca, um aparelho celular e vários matérias furtados da empresa NEXA e muitas ferramentas utilizadas pelos autores;

Foi iniciado um intenso rastreamento com o objetivo de capturar e prender os demais envolvidos.

Por volta de 13:00 horas, obtivemos informações que havia dois dos autores caminhando pelo Distrito de São Braz de Minas a procura de um veículo que os levasse até a cidade de Paracatu.

Em uma Estrada que da acesso a comunidade de Retiro da Roça foi preso MARCELO SOARES CHAVES LISBOA 35 anos;

Por volta de 17:00 horas novamente tivemos informação de outro indivíduo em fuga em uma fazenda alguns quilômetros a frente onde o primeiro foi preso. 
Assim, novamente os militares deslocaram até o referido lugar e efetuaram a prisão de JOÃO BATISTA SOARES CHAVES de 36 anos.

Hoje por volta de 10:00 horas, recebemos informações de que outros dois autores estariam na comunidade de Retiro da Roça procurando um veículo para fuga. Foram abordados e presos AGUIMAR JOSE DE OLIVEIRA 44 anos e JOSE RODRIGUES DA CRUZ CARDOSO BOTELHO 45 anos.

Todos os indivíduos presos foram levados para a Delegacia na cidade de Paracatu onde foi ratificado o flagrante.

Os autores são suspeitos de serem  os mesmos que praticaram crimes de furto e um roubo na empresa GALVANI no município de Lagamar, sendo que o veículo apreendido foi visto e reconhecido pelas testemunhas.

Também são suspeitos de praticar vários crimes na região de Vazante, Lagamar e Paracatu em fazendas e empresas na zona rural.